No Ar:
 Madrugada Capital
Próxima atração:
 Fazendo rastros pelo Brasil


HOME

A RÁDIO

COMERCIAL

PROGRAMAS

NOTÍCIAS

BLOGS

PODCASTS

AGENDA

CONTATO

Notícias

Cidade
Quinta-feira, 27 de Abril de 2017
   

Wilson Poit, secretário municipal de Desestatização e Parceria, participa do #TamoJunto

Ele esclarece: "Jamais será cobrada entrada em parques". Confira a entrevista completa.

Por: Ana Paula Novaes


O secretário de Desestatização e Parceria da Prefeitura de São Paulo, Wilson Poit, concedeu ao programa #TamoJunto, nos estúdios da Rádio Capital, na manhã desta quinta-feira, dia 27, para explicar decisões tomadas pelo prefeito João Doria com vistas à desestatização de determinados bens do município.

Ao falar aos apresentadores Paulo Eugênio, Carolina Mattos e Ângela Mattos, ele explicou que o  prefeito enviou dois projetos para a Câmara Municipal a respeito disso: o primeiro visa para criar a empresa São Paulo Parcerias (a exemplo da SPTuris); e o segundo, para a criação do Fundo Municipal de Desenvolvimento, que vai gerir o dinheiro da São Paulo Parcerias, abrindo campo para aplicação em educação, saúde, moradia.

O tema diz respeito à política do prefeito João Doria de privatizar parques, Anhembi, Pacaembu, Interlagos. O secretário Poit esclareceu que, ao contrário do divulgado em algumas redes sociais de cunho político, a privatização de parques municipais, como o Ibirapuera, o da Aclimação e o do Carmo, não significará cobrança de ingresso aos frequentadores, mas sim o aprimoramento da qualidade desses bens públicos.

“Jamais alguém terá que pagar para entrar em um parque em São Paulo. A ideia é que a Prefeitura gaste o dinheiro com prioridades: saúde, educação, habitação, segurança e mobilidade urbana. A cidade de São Paulo tem um orçamento grande, acima de R$50 bilhões, mas este dinheiro está todo comprometido. Para manter estes 107 parques, a Prefeitura gasta hoje R$180 milhões por ano e a ideia é que a gente deixe um gestor privado que faça a gestão do parque, sempre com três princípios básicos: jamais cobrar a entrada das pessoas; assumir toda a despesa do parque; e fazer investimentos e melhorar as condições do parque”, destacou.

Confira aqui a entrevista completa.

Foto: Carolina Mattos

 



Necessário Flash Player para ouvir este áudio, instale-o
Wilson Poit, secretário municipal de Desestatização e Parceria, participa do #TamoJunto



Link: http://capital1040.com/noticias/?n=18614
Arte e Lazer
Brasil
Chuvas
Cidade
Dinheiro
Educação
Eleições
Emprego
Esportes
Memória
Mundo
Polícia
Política
Previdência
Saúde
Serviço
Social
Trânsito

Blog da Capital
Blog Show de Bola Capital



Central do Ouvinte: (11) 3053-1040


HOME | A RÁDIO | COMERCIAL | PROGRAMAS | NOTÍCIAS | BLOGS | PODCASTS | AGENDA | CONTATO |

Todos os direitos reservados - Rádio Novo Mundo Ltda
Central do Ouvinte: (11) 3053-1040