No Ar:
 Caju & Castanha
Próxima atração:
 Madrugada Capital


HOME

A RÁDIO

COMERCIAL

PROGRAMAS

NOTÍCIAS

BLOGS

PODCASTS

AGENDA

CONTATO

Notícias

Cidade
Quinta-feira, 13 de Abril de 2017
   

Especialista do Instituto de Pesca dá dicas para a compra do peixe

Thaís Machado participou hoje (13) no programa #TamoJunto. Confira a entrevista completa.

Por: Ana Paula Novaes


Amanhã é Sexta-feira Santa e, neste dia, os cristãos não consomem carne. De acordo com a tradição,  é dia de comer peixe. No entanto, é preciso ter certos cuidados com a conservação deste alimento.

Para dar dicas sobre esse assunto, Thaís Machado, pesquisadora da unidade laboratorial de referência e tecnologia de pescado do Instituto de Pesca do Estado de São Paulo, participou na manhã de hoje (13) do programa #TamoJunto. Confira a entrevista completa:

Qual é a primeira coisa que a dona de casa deve observar ao comprar peixe?
A primeira coisa que a dona de casa deve observar na hora de comprar o pescado é o local onde ela vai comprar. Esse local tem que estar bem limpo, um ambiente agradável. É importante salientar que cheiro ruim não é cheiro do pescado. Cheiro ruim já indica deterioração.

Como deve ser o armazenamento do peixe para que ele dure mais?
Se você for comprar o peixe fresco, aquele que é condicionado em gelo, é importante pedir para o peixeiro eviscerar o pescado, porque as vísceras contém microrganismos que, ao entrarem em contato com a carne do peixe, vão fazer com que estrague mais rápido. Se você for consumir em um ou dois dias, você pode simplesmente guardar o peixe lavado dentro de uma embalagem plástica na geladeira. Ao preparar, é só temperar como você escolher. Se for o bacalhau, o interessante é que ele fique de molho dentro da geladeira e que a água seja trocada de duas a três vezes para retirar o excesso de sal.

Se passar de dois dias, o peixe deve ir pro freezer?
Se for demorar mais de dois dias para consumir, o ideal é que ele seja armazenado no freezer. Como o freezer doméstico é uma técnica de congelamento lenta, ele não vai durar muito tempo também. Recomendamos, no máximo, um mês. Porém, se você comprou o pescado já congelado, como ele passou por uma técnica de congelamento rápido na indústria, você deve verificar o prazo de validade na embalagem. Ele vai durar de seis meses a um ano no freezer doméstico.

Como identificar se o peixe está bom para consumo?
A primeira coisa que a gente recomenda é que a pessoa que vai analisar esse peixe, o consumidor, peça uma luva descartável ou saco plástico para tocar neste peixe ou ele mesmo pode ser um potencial contaminante do pescado. Os olhos do peixe precisam estar bem brilhantes. Se eles estiverem fundos, opacos, já significa que o peixe está um pouco passado. Outra coisa é a textura da carne, que tem que estar firme. Quando você aperta a musculatura, ao tirar o dedo, a carne precisa voltar ao normal. Se ficar a marca do seu dedo, significa que a carne já começou a amolecer e que está indo para um processo de deterioração.

Na feira, principalmente, é fundamental estar atento à banca em que o peixe está, certo?
Exatamente. Como sempre orientamos os consumidores: escolha bem o local onde vai comprar seu pescado. Se você verificar que o lugar não está muito limpo, está com cheiro forte, que o peixe não está armazenado corretamente com muito gelo, o ideal é procurar outro local para comprar.

Foto: José Cruz/Agência Brasil



Necessário Flash Player para ouvir este áudio, instale-o
Especialista do Instituto de Pesca dá dicas para a compra do peixe



Link: http://capital1040.com/noticias/?n=18557
Arte e Lazer
Brasil
Chuvas
Cidade
Dinheiro
Educação
Eleições
Emprego
Esportes
Memória
Mundo
Polícia
Política
Previdência
Saúde
Serviço
Social
Trânsito

Blog da Capital
Blog Show de Bola Capital



Central do Ouvinte: (11) 3053-1040


HOME | A RÁDIO | COMERCIAL | PROGRAMAS | NOTÍCIAS | BLOGS | PODCASTS | AGENDA | CONTATO |

Todos os direitos reservados - Rádio Novo Mundo Ltda
Central do Ouvinte: (11) 3053-1040