No Ar:
 Noite Capital
Próxima atração:
 Germanno Júnior&Convidados


HOME

A RÁDIO

COMERCIAL

PROGRAMAS

NOTÍCIAS

BLOGS

PODCASTS

AGENDA

CONTATO

Blogs

Blog da Capital
Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015
   

Vamos aprender a contar?


A julgar por informações de veículos da mídia, o terceiro protesto contra o reajuste das tarifas de transporte coletivo de São Paulo, ocorrido na tarde de terça-feira, dia 20, na Zona Leste, teve uma oscilação mais forte do que o atual bom humor paulistano em fase de calor excessivo, falta d’água, corte de energia elétrica, pagamento de IPVA e IPTU e aumento de impostos. É normal uma cobertura jornalística apresentar contrastes no momento de tentar informar o número de participantes deste ou daquele protesto: “tantas pessoas de acordo com os organizadores e tantas pessoas segundo a PM”.

Até aí, tudo bem. O problema está na enorme distância entre os números dos organizadores e os da PM, e mais: a incrível variação entre os números de um e de outro veículo da mídia. No caso do protesto da Zona Leste, um site chegou a noticiar que, de acordo com os organizadores, lá estavam 5 mil pessoas, enquanto a PM estimava em 500.

Não é difícil avaliar multidões – ou pequenos grupos –, seja em protestos, seja nas arquibancadas de um jogo de futebol. Mas é frequente a ingenuidade de uma parte da mídia ao entrar no marketing de quem organiza isto ou aquilo. Houve época em que a imprensa cravava na informação dos organizadores da Parada Gay de São Paulo de que esse evento anual chegava a concentrar até 4 milhões, num possível recorde mundial.

Até que, dois anos atrás, a “Folha de S. Paulo” tomou a iniciativa que estava ao alcance de qualquer um: usou métodos simples para calcular o número de participantes, levando em conta o comprimento e a largura da Avenida Paulista, assim como a densidade no momento da parada, chegando à conclusão de que não havia mais do que 240 mil pessoas. Houve quem interpretasse a informação da “Folha” como “homofóbica”. Cuidar da precisão da informação é obrigação de jornalistas tanto em parada de gays quanto em encontro de machões.

A recente foto aérea da multidão de Manila, nas Filipinas, para acompanhar a missa do papa Francisco não deixa dúvidas: lá estavam, mesmo, cerca de 6 milhões de pessoas – um recorde nas cerimônias papais em todos os tempos. Por aqui, fica o desafio a quem faz coberturas de protestos ou de qualquer evento de mais de duas pessoas: que tal aprender a contar?

Luiz Carlos Ramos – Coordenador de Jornalismo



Link: http://capital1040.com/blogs/?n=876



Deixe seu comentário:

  • Todos os campos são obrigatórios mas seu e-mail não será exibido
  • As mensagens são analisadas por nossa equipe antes de serem exibidas no site

    Seu nome:
    Seu e-mail:
    Mensagem:
    Confirmação: C D E A 8 - Digite:   
  • Arte e Lazer
    Brasil
    Chuvas
    Cidade
    Dinheiro
    Educação
    Eleições
    Emprego
    Esportes
    Memória
    Mundo
    Polícia
    Política
    Previdência
    Saúde
    Serviço
    Social
    Trânsito

    Blog da Capital
    Blog Show de Bola Capital



    Central do Ouvinte: (11) 3053-1040


    HOME | A RÁDIO | COMERCIAL | PROGRAMAS | NOTÍCIAS | BLOGS | PODCASTS | AGENDA | CONTATO |

    Todos os direitos reservados - Rádio Novo Mundo Ltda
    Central do Ouvinte: (11) 3053-1040