No Ar:
 Eli Corrêa
Próxima atração:
 #TamoJunto


HOME

A RÁDIO

COMERCIAL

PROGRAMAS

NOTÍCIAS

BLOGS

PODCASTS

AGENDA

CONTATO

Blogs

Blog da Capital
Quinta-feira, 04 de Junho de 2015
   

O rádio perde o grande Gama


A Rádio Capital está de luto. Nossa rádio e o rádio brasileiro em geral perderam ontem, 3 de junho, um grande profissional: José Roberto dos Santos Gama.

O Gama, como era conhecido aqui na Rádio, era um sempre ativo colaborador de Eli Corrêa, com quem conviveu por mais de 40 anos.

Ele estava com 74 anos e enfrentava problemas de saúde, mas, mesmo assim, não deixava de lado aquilo que fazia com amor: o trabalho no rádio, o trabalho com Eli Corrêa.

Gama faleceu no Hospital Universitário de Bragança Paulista, onde estava internado.

O corpo está sendo velado em Atibaia, onde ocorrerá o sepultamento hoje, às 17 horas.

José Roberto dos Santos Gama tinha74 anos. Começou a trabalhar em rádio nos anos 1950 e adorava sua profissão. Com esse amor e essa competência, chegou a ser diretor de emissoras em que trabalhou: Tupi, Record, Piratininga, Globo, América e Capital.

Com Eli Corrêa, Gama foi responsável por organizar Shows da Amizade, Romarias, eventos, além de redator da Carta da Saudade.

Deixa a esposa, Dona Geni, dois filhos - Valéria, que também faz parte da equipe de Eli Corrêa aqui na Rádio Capital, e Fernando - além dos netos, Rogério e Daniel.

Em 2008, nossa repórter, redatora e apresentadora Carolina Mattos, que trabalha na Rádio Capital há mais de 10 anos, terminou o curso de pós-graduação na PUC de São Paulo, apresentando como tese o programa de Eli Corrêa.

Este é o trecho da tese de Carol em que fala da seção “Que Saudade de Você”, também conhecida como “Carta da Saudade”, que tem sido o momento de maior audiência no programa de Eli Corrêa e na própria Rádio Capital:

O próprio Eli Corrêa não tem certeza absoluta de como surgiu a sessão “Que Saudade de Você”. O produtor dele, Luis Augusto Piedade (mais conhecido como Candinho), diz que a ‘Saudade’ surgiu de outro quadro que Eli Corrêa fazia na antiga Rádio Tupi, em que o ouvinte mandava uma carta com uma história de amor e ele contava esta história e depois tocava a música. Com a mudança para a antiga Rádio Record eles mudaram o quadro e nasceu a “Saudade”.

á o Eli Corrêa conta que o quadro teria surgido, na Rádio Record, e não teria relação com o da Tupi. Ele gostava muito de uma música do Odair José, de nome “Que saudade de você”, começou a usá-la no programa quando ia contar as cartas de amor. No começo eram somente lidas cartas de amor. Segundo Eli Corrêa, ele foi sempre foi muito alegre no rádio e tinha muita resistência em fazer algo que não fosse alegre. “Ficava muito constrangido de fazer algo triste”, diz ele.

Depois de muita insistência da produção, Eli resolveu contar uma história mandada por um ouvinte que tinha perdido um parente. Essa carta chamou a atenção e eles começaram a receber mais cartas com esse perfil.

Apesar disso, Eli conta que nunca quis padronizar as cartas e falar só de morte ou de amor. Ele tenta mesclar as histórias para não ficar sempre a mesma coisa. Toda semana busca coisas diferentes, mas com uma condição: a história tem que ser verdadeira.

Uma particularidade da “Saudade” é que sempre os textos são escritos em 1º pessoa, e como em uma radionovela, Eli interpreta os personagens. Na mesma carta ele interpreta diversas pessoas. Esse é o seu diferencial com relação aos outros comunicadores que fazem esse tipo de trabalho.

A carta da Saudade está no ar há mais de 40 anos, e sempre é exibida às 14 horas. Desde o início quem reescreve (dramatiza) as cartas mandadas pelos ouvintes é José Roberto dos Santos Gama. Houve épocas que Gama não estava com Eli. Assim, era o próprio Eli quem escrevia e interpretava as histórias. Durante todos estes anos, a seção “Que Saudade de Você” é líder de audiência absoluta no horário no rádio de São Paulo.

Com a participação de Gama, Eli ganhou tempo para dedicar a outros detalhes de seus programas pela manhã e à tarde.

Hoje, o Departamento de Jornalismo e toda a Rádio Capital, com muita tristeza, afirmam: “Que Saudade de Você, Querido Gama”.

Luiz Carlos Ramos – Coordenador de Jornalismo



Link: http://capital1040.com/blogs/?n=921



Deixe seu comentário:

  • Todos os campos são obrigatórios mas seu e-mail não será exibido
  • As mensagens são analisadas por nossa equipe antes de serem exibidas no site

    Seu nome:
    Seu e-mail:
    Mensagem:
    Confirmação: 5 F 8 5 B - Digite:   
  • Arte e Lazer
    Brasil
    Chuvas
    Cidade
    Dinheiro
    Educação
    Eleições
    Emprego
    Esportes
    Memória
    Mundo
    Polícia
    Política
    Previdência
    Saúde
    Serviço
    Social
    Trânsito

    Blog da Capital
    Blog Show de Bola Capital



    Central do Ouvinte: (11) 3053-1040


    HOME | A RÁDIO | COMERCIAL | PROGRAMAS | NOTÍCIAS | BLOGS | PODCASTS | AGENDA | CONTATO |

    Todos os direitos reservados - Rádio Novo Mundo Ltda
    Central do Ouvinte: (11) 3053-1040